MILHO – Conab: leilão de milho tem demanda para 71,2% da oferta; ágio atinge 24% em MS

Foram colocadas à venda 134,73 mil toneladas de cereal armazenado em Mato Grosso, 15,2 mil toneladas em Mato Grosso do Sul e 15 toneladas em Goiás

milho_graos_carregamento (Foto: Ernesto de Souza / Ed. Globo)

Alguns lotes não despertaram interesse, caso de volumes dos municípios mato-grossenses Ipiranga do Norte, Tabaporã e Sorriso (Foto: Ernesto de Souza / Ed. Globo)

O quarto leilão de venda de estoques oficiais de milho, realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), concluído nesta quarta-feira (2/3), registrou demanda para 71,2% da oferta de 150 mil toneladas. Foram colocadas à venda 134,73 mil toneladas de cereal armazenado em Mato Grosso, 15,2 mil t em Mato Grosso do Sul e 15 t em Goiás.

A maior disputa foi por um lote armazenado em Sidrolândia, em Mato Grosso do Sul, arrematado por R$ 38,22 a saca de 60 kg, 24,2% acima do valor de abertura, de R$ 30,78 a saca. O lote era de 457,2 toneladas e foram adquiridas 450 toneladas, volume equivalente a 98,4% da oferta. Segundo maior ágio foi de lote de 1,047 mil toneladas armazenado no mesmo município, no qual 1 mil toneladas do cereal foram arrematadas por R$ 37,92 a saca, 23,2% acima do valor de abertura.

saiba mais

Também houve disputa por lote armazenado em Primavera do Leste, em Mato Grosso. No município, as 5 mil toneladas oferecidas pela Conab foram negociadas a R$ 25,98 a saca, 21,29% acima do valor de abertura, de R$ 21,42 a saca. Lotes que somavam 13,76 mil toneladas em São Gabriel do Oeste (MS) saíram a R$ 36/saca, com ágio de 16,96%.

Alguns lotes não despertaram interesse, caso de volumes colocados à venda em três municípios mato-grossenses (Ipiranga do Norte, Tabaporã e Sorriso).

POR ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte : Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *