Pepe Vargas diz que buscará fortalecer agricultura familiar e superar pobreza no meio rural

Novo ministro do Desenvolvimento Agrário tomou posse nesta quarta

Roberto Stuckert Filho

Foto: Roberto Stuckert Filho / PR

Presidente Dilma dá posse ao novo ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas

Ao tomar posse como ministro do Desenvolvimento Agrário nesta terça, dia 14, o deputado Pepe Vargas (PT-RS), disse que sua tarefa é fortalecer a agricultura familiar e buscar a superação da pobreza extrema no meio rural brasileiro. Pepe prometeu que irá ampliar e aprofundar o diálogo com os movimentos sociais. Ele assumiu o cargo em substituição ao também deputado Afonso Florence (PT-BA).
A reforma agrária foi um dos temas abordados por Vargas no discurso de posse. Segundo o ministro, é preciso combinar a titulação de terras com o suporte técnico no meio rural.
– As famílias pobres, quando inseridas no programa de reforma agrária, devem logo ser atendidas com programas de assistência técnica e as já assentadas, receber estímulo para incrementar sua produção – disse ele. Vargas destacou que as políticas de reforma agrária devem ter como meta a superação da pobreza.
O novo ministro defendeu também o incentivo ao aumento da produção da agricultura familiar, com emprego de mais tecnologia na produção, e o lançamento de políticas públicas para a juventude rural.
– Queremos formar uma nova geração de agricultores familiares – disse Vargas. Para ele, o Ministério do Desenvolvimento Agrário é o ministério do desenvolvimento econômico.
No discurso de despedida, Afonso Florence fez um retrospecto das ações do ministério ao longo de sua gestão. Ele destacou a importância das ações de reforma agrária, um "projeto de interesse do país", e falou sobre o papel da agricultura familiar.
– Esse segmento econômico não apenas produz alimento saudável, mas também alimento barato e contribui para a contenção de preços e a estabilidade econômica do país – disse Florence.
Natural de Nova Petrópolis (RS), o médico Gilberto José Spier Vargas, conhecido como Pepe Vargas, está em seu segundo mandato na Câmara dos Deputados. Filiado ao PT desde 1981, iniciou a vida política no movimento estudantil e atuou também no movimento sindical. No parlamento, Pepe Vargas presidia a Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa no Congresso Nacional e era membro da Comissão de Finanças e Tributação.
A substituição de Afonso Florense por Pepe Vargas na pasta do Desenvolvimento Agrário foi anunciada na noite de sexta, dia 9. Em nota, a presidente Dilma Rousseff agradeceu a participação de Florence no governo e desejou boa sorte ao novo ministro. O motivo da mudança não foi divulgado.
Deputado federal pela Bahia, Florence deve voltar à Câmara, onde tem mandato até 2014, ou entrar na disputa municipal de outubro.

Fonte: Ruralbr | AGÊNCIA BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *